A traição de Galileu consigo mesmo sob o olhar do Blind Guardian

A música Age of False Innocence do Blind Guardian retrata o sentimento que Galileu Galilei possivelmente sofreu quando a escolha ficou em suas próprias mãos: negar a verdade ou fazer parte na soma das vítimas da inquisição?

Assista nosso vídeo sobre esse tema aqui

A traição é certamente um dos temas mais abordados nas músicas e em muitas outras manifestações artísticas. Talvez por ser um dos atos sentimentais mais dolorosos. Tanto que é associado a uma facada nas costas, a qual agindo contra a anatomia, atinge a mente e também o coração.

Mas o tema traição na música, é muito trabalhado e batido através do amor do parceiro ou parceira. Porém o que pouco se fala, e há um espaço tentador nisso, é a traição de amigos e também a si mesmo, agindo contra suas ideias e crenças.

Como uma pessoa se sentiria negando seus próprios pensamentos e estudos quando isso vale a sua vida?

A música Age of False Innocence do Blind Guardian retrata o sentimento que Galileu Galilei possivelmente sofreu quando a escolha ficou em suas próprias mãos: negar a verdade ou fazer parte na soma das vítimas da inquisição?

A deslealdade consigo foi grande o suficiente a se comparar e sentir compaixão por Judas Iscariote, o traidor mais famoso do mundo ocidental:

“So I feel so I feel

Like Judas must have felt before

That Wednesday night near by the tree”

“Então eu me sinto como Judas deve ter se sentido naquela quarta-feira à noite ao lado da árvore”

Galileu Galilei

Blind Guardian Galileu Galilei

O italiano Galileu Galilei nasceu em 1564 e se tornou um famoso e importante físico, matemático, filósofo e astrônomo.

Sua paixão pelos planetas e o universo, se desenvolveu amplamente após melhorar de maneira significativa o recém invento do telescópio. Onde o utilizou para descobertas como:

  • Observar crateras e montanhas na Lua;
  • As manchas solares;
  • Os quatro principais satélites de Júpiter.

Galileu era um católico que confiava de forma veemente nas escrituras sagradas da igreja, porém acreditava que cabia ao homem saber interpretá-la e usar o conhecimento proporcionado por Deus para o entendimento do que nos cercava:

“Não me sinto obrigado a acreditar que o mesmo Deus que nos dotou de sentidos, razão e intelecto, pretenda que não os utilizemos.”

Mas a igreja não aceitava que ideias fossem contrárias àquelas defendidas pelo papa, sacerdotes e cardeais.

Os castigos a quem ousava questioná-la eram inúmeros, levando desde prisão domiciliar à mortes dolorosas. Todas julgadas pelo santo ofício, o órgão responsável pela inquisição da igreja católica.

Galileu sempre acreditou que a Terra foi o centro do Universo, e que o sol e todos outros planetas girassem em torno dele. Porém, um novo estudo do matemático e astrônomo Nicolau Copérnico, colocou Galileu em direção a teoria do Heliocentrismo, a qual a Igreja Católica era contra. E é a partir desse ponto que sua história ganha maior relevância.

Galileu então começou a buscar provas que justificassem a teoria de Copérnico. 

Blind Guardian Galileu Galilei
Nicolau Copérnico e a teoria do Heliocentrismo

Porém com passagens bíblicas indicando que o Sol girasse em torno da Terra, Galileu começou a ser olhado com um possível inimigo cristão e a ameaça de ser julgado na inquisição, o faz ir até Roma e conversar com membros da hierarquia católica, podendo assim persuadi-los com a teoria do heliocentrismo.

Antes mesmo de uma reunião com um poderoso cardeal chamado Belarmino, a igreja católica toma sua posição em uma reunião que proíbe qualquer obra e tese sobre a teoria de Copérnico, com pena em ser julgado pela inquisição.

Nesse momento então Galileu é aconselhado a não defender a teoria e que se ousasse a fazer, seria “silenciado”.

Depois de um tempo pensando em novas provas para o heliocentrismo, Galileu passou meses escrevendo um novo livro chamado “Diálogo sobre os dois grandes sistemas do mundo”.

Resultado?

A igreja católica abriu então um processo para a inquisição. Galileu estava, novamente, na mira do santo ofício.

No julgamento, o réu então teve que ser um pouco mais flexível para com a igreja, onde negou que seu livro tenha sido favorável a teoria de Copérnico e quis somente apresentar um diálogo onde nenhum dos lados tem força suficiente para conseguir convencer o próximo de que sua visão é a correta. 

Com o caso analisado e julgado, Galileu é então condenado a passar o resto da sua vida em prisão domiciliar sob vigia da santa igreja. Vida essa que se encerra em 1642 e deixa apenas suas obras que continuarão pela eternidade.

A Letra

Age of False Innocence faz parte do sétimo álbum de estúdio “A Night at the Opera” lançado em 2002 pela banda Blind Guardian. Essa música descreve o sentimento de Galileu quando interrogado pelo Santo Ofício da Igreja Católica, ou seja, julgado pela temida Inquisição e teve que negar a ciência e o brilhante futuro da humanidade em troca de sua vida.

Blind Guardian Galileu Galilei
A banda alemã ‘Blind Guardian’

Na primeira estrofe já ocorre uma breve ambientação sobre o período comandado pela igreja católica, mostrando que no momento, não havia nada além de dor e sofrimento. As chamas da esperanças que Copérnico e Galileu avançaram na ciência, foram apagadas pelo Vaticano.

“Cut off the light

Take a look

There’s nothing beyond but pain

Suffer in the deepest void

The flame of hope is gone”

“Apaguem a luz, deem uma olhada, não há nada além de dor. Sofrimento no mais profundo vazio. A chama da esperança se foi.”

A dor da traição é apresentada logo no início quando Galileu percebe que ao querer defender sua visão científica, sem misturá-la com sua religiosidade, acabou negando ambos lados. Seu interior se recusava a aceitar a teoria que a Igreja pregava, descrita na letra como Father, e por temer à própria vida, teve que negar publicamente a teoria do Heliocentrismo, descrita com genialidade como Sun.

“What have I done?

Denied the father and the sun”

“O que foi que eu fiz? Neguei o pai e ao sol”

 No final da segunda estrofe, é apresentado o único benefício de ter negado seus estudos: Se livrar do medo de ter sua vida interrompida de forma cruel pela Inquisição.

“Now there’s one thing for sure

I’m not afraid anymore”

“Agora uma coisa é certa, eu não tenho mais medo”

Na quinta estrofe, Galileu expõe sua conversão forçada e o abandono da astronomia como uma lavagem cerebral, creditando seu novo posicionamento ao Santo Ofício.

“For a while

Astronomy has moved the earth

And we’ve turned around the sun

Sanctum officium

Has made me believe

Has made me believe

Has made me believe”

“Por um tempo a astronomia moveu a Terra e nós girávamos ao redor do Sol. Santo Ofício me fez acreditar”

O verso seguinte Galileu é ameaçado de prisão, em seu julgamento frente à igreja. Eles começam a acusá-lo de heresia, lembrando-o da ameaça de condenação eterna por sua blasfêmia de Deus.

“We know for sure you’re lying

Would you like to mess with holy science

You know the fear of dying

Would it be worth it to hear you crying”

“Nós temos certeza de que você está mentindo. Você gostaria de enfrentar a Santa Igreja? Você conhece o medo da morte. Valeria a pena ouvir você chorando?

Adicionado com o sentimento de ter que trair a si mesmo:

“I’ve slaughtered truth

And I’ve shattered my heart”

“Eu massacrei a verdade e despedacei meu coração”

Os versos  seguintes são advertências contra a imposição da igreja na vida dos homens. Com destaque para a nona estrofe, onde Galileu avisa seus alunos e cientistas sucessores:

“Don’t believe in their eternity

We’re still held in blindness

And I’ve been turned into a liar

If there is no heaven

There won’t be release”

“Não acredite na eternidade deles. Nós ainda estamos presos na cegueira. E eu me tornei um mentiroso, se não houver céu então não haverá libertação.”

Séculos após o ocorrido e sua morte, o legado de Galileu vai além da ciência, visto que foi tema dessa grandiosa composição.

Assista nosso vídeo sobre esse tema: